Fraudes e Enganação

REPORTAGENS

O Centro Brasileiro de Estudos em Psoríase constantemente recebe encaminhamentos de pessoas com psoríase para que opinemos se um produto é bom para tratar a psoríase ou curar. Primeiramente não podemos avaliar se é bom sem examinar o paciente e estudar todo caso, histórico de tratamentos e doenças que acompanham a psoríase. Quando vemos apelo que cura a psoríase, com absoluta certeza é falsa a afirmativa. Temos cada vez mais medicamentos seguros e eficazes e fototerapia ultravioleta que controlam a psoríase de até 100% do corpo mas um dia haverá nova crise.

Creme hidratante que mostra excelente melhora (somente utilizando-o) deve conter alguma substância que não é declarada, como corticóide. Desconfie pois hidratante “hidrata mas não trata”.

Quanto ao cloreto de magnésio, auto-hemoterapia, ozonioterapia não há publicações científicas que comprovem eficácia no tratamento da psoríase. Termos como “benéfico” ou “ajuda” não significam que irá tratar a psoríase. Na internet encontramos até cura com limão. Desconfie e na mesma internet procure publicações médicas sobre o tema.

Procure sempre avaliação com médico dermatologista, especializado pela Sociedade Brasileiro de Dermatologia.

Abaixo recente sentença judicial que puniu médico que prometeu cura da psoríase.

 

Punição ao médico que prometeu cura da psoríase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *